Exercício sobre A chegada dos "tempos modernos" (Sociologia) com Gabarito


Exercício sobre A chegada dos "tempos modernos" (Sociologia) com Gabarito

QUESTÃO 01
O que significa dizer que a sociedade feudal era uma sociedade estamental?

RESPOSTA.

QUESTÃO 02
A partir das Grandes Navegações foi possível a exploração do Mar Tenebroso, hoje conhecido como Oceano Atlântico. Com isso, os europeus puderam ter acesso a lugares longínquos e desconhecidos, dando inicio a um processo considerado por alguns historiadores como a "primeira globalização" . Você concorda com esse significado às viagens marítimas dos séculos XV e XVI? Por quê?

RESPOSTA.

QUESTÃO 03
O Iluminismo foi um movimento cultural que difundiu a convicção de que a razão e a ciência deveriam ser a base para a compreensão do mundo. Explique como a confiança na razão contribuiu para transformações politicas na modernidade.

RESPOSTA.

QUESTÃO 04
Leia atentamente, o texto a seguir.

A Grã-Bretanha forneceu o modelo para as ferrovias e fábricas, o explosivo econômico que rompeu com as estruturas socioeconômicas tradicionais do mundo não europeu; mas foi a França que fez suas revoluções e a elas deu suas ideias, a ponto de bandeiras tricolores de um tipo ou de outro terem-se tornado o emblema de praticamente todas as nações emergentes, e a política europeia (ou mesmo mundial) entre 1789 e 1917 foi em grande parte luta a favor e contra dos princípios de 1789, ou os ainda mais incendiários de 1793. A França forneceu o vocabulário e os temas da política liberal e radical democrática para a maior parte do mundo. A França deu o primeiro grande exemplo, o conceito e o vocabulário do nacionalismo. Ela forneceu os códigos legais, o modelo de organização técnica e científica e o sistema métrico de medidas para a maioria dos países. A ideologia do mundo moderno atingiu as antigas civilizações que tinham até então resistido às ideias europeias inicialmente através da influência francesa. Essa foi a obra da Revolução Francesa.
HOBSBAWM, E. J. A Era das Revoluções (1789-1848). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981. p. 71-72.

A) As revoluções Industrial e Francesa são marcos importantes para o entendimento das transformações da modernidade. Na análise do autor, de que forma cada uma delas contribuiu para essas transformações?

B) Explique como a industrialização alterou as visões de mundo e as concepções sobre a vida em sociedade.

C) O autor afirma que a Revolução Francesa contribuiu para a difusão da ideologia do pensamento moderno no Velho e no Novo mundos. Explique como esse processo alterou as concepções sobre a vida em sociedade.

RESPOSTA.

QUESTÃO 04
(ENEM)

[...] Depois de longas investigações, convenci-me por fim de que o Sol é uma estrela fixa rodeada de planetas que giram em volta dela e de que ela é o centro e a chama. Que, além dos planetas principais, há outros de segunda ordem que circulam primeiro como satélites em redor dos planetas principais e com estes em redor do Sol. [...] Não duvido de que os matemáticos sejam da minha  opinião, se quiserem dar-se ao trabalho de tomar conhecimento, não superficialmente mas duma maneira aprofundada, das demonstrações que darei nesta obra. Se alguns homens ligeiros e ignorantes quiserem cometer contra mim o abuso de invocar alguns passos da Escritura (sagrada), a que torçam o sentido, desprezarei os seus ataques: as verdades matemáticas não devem ser julgadas senão por matemáticos.
COPÉRNICO, N. De revolutionibus orbium caelestium.

Aqueles que se entregam à prática sem ciência são como o navegador que embarca em um navio sem leme nem bússola. Sempre a prática deve fundamentar-se em boa teoria. Antes de fazer de um caso uma regra geral, experimente-o duas ou três vezes e verifique se as experiências produzem os mesmos efeitos. Nenhuma investigação humana pode se considerar verdadeira ciência se não passa por demonstrações matemáticas.
VINCI, Leonardo da. Carnets.

O aspecto a ser ressaltado em ambos os textos para exemplificar o racionalismo moderno é:

A) A fé como guia das descobertas.
B) O senso crítico para se chegar a Deus.
C) A limitação da ciência pelos princípios bíblicos.
D) A importância da experiência e da observação.
E) O principio da autoridade e da tradição.

RESPOSTA.

QUESTÃO 05
(ENEM)

TEXTO I
Experimentei algumas vezes que os sentidos eram enganosos, e é de prudência nunca se fiar inteiramente em quem já nos enganou uma vez.
DESCARTES, R. Meditações metafísicas. São Paulo: Abril Cultural, 1979.

TEXTO II
Sempre que alimentarmos alguma suspeita de que uma ideia esteja sendo empregada sem nenhum significado, precisaremos apenas indagar: de que impressão deriva esta suposta ideia? E se for impossível atribuir-lhe qualquer impressão sensorial, isso servirá para confirmar nossa suspeita.
HUME, D. Uma investigação sobre o entendimento. São Paulo: Unesp, 2004 (adaptado).

Nos textos, ambos os autores se posicionam sobre a natureza do conhecimento humano.
A comparação dos excertos permite assumir que Descartes e Hume

A) defendem os sentidos como critério originário para considerar um conhecimento legítimo.

B) entendem que é desnecessário suspeitar do significado de uma ideia na reflexão filosófica e crítica.

C) são legítimos representantes do criticismo quanto à gênese do conhecimento.

D) concordam que conhecimento humano é impossível em relação às ideias e aos sentidos.

E) atribuem diferentes lugares ao papel dos sentidos no processo de obtenção do conhecimento.

RESPOSTA.

QUESTÃO 06
(ENEM) Acompanhando a intenção da burguesia renascentista de ampliar seu domínio sobre a natureza e sobre o espaço geográfico, através da pesquisa cientifica e da investigação tecnológica, os cientistas também iriam se atirar nessa aventura, tentando conquistar  a forma, o movimento, o espaço, a luz, a cor e mesmo a expressão e o sentimento.
SEVCENKO, N. O RenascimentoCampinas: Unicamp, 1984.  

O texto apresenta um espírito que afetou também a produção artística, marcada pela constante relação entre

A) fé e misticismo.
B) ciência e arte.
C) cultura e comércio.
D) política e economia.
E) astronomia e religião.

RESPOSTA.

QUESTÃO 07
(ENEM) Esclarecimento é a saída do homem de sua menoridade, da qual ele próprio é culpado. A menoridade é a incapacidade de fazer uso de seu entendimento sem a direção de outro indivíduo. O homem é o próprio culpado dessa menoridade se a causa dela não se encontra na falta de entendimento, mas na falta de decisão e coragem de servir-se de si mesmo sem a direção de outrem. Tem coragem de fazer uso de teu próprio entendimento, tal é o lema do esclarecimento. A preguiça e a covardia são as causas pelas quais uma tão grande parte dos homens, depois que a natureza de há muito os libertou de uma condição estranha, continuem, no entanto, de bom grado menores durante toda a vida.
KANT, I. Resposta à pergunta: O que é esclarecimento? Petrópolis: Vozes, 1985 (adaptado). 

Kant destaca no texto o conceito de Esclarecimento, fundamental para a compreensão do contexto filosófico da Modernidade. Esclarecimento, no sentido empregado por Kant, representa

A) a reivindicação de autonomia da capacidade racional como expressão da maioridade.
B) o exercício da racionalidade como pressuposto menor diante das verdades eternas.
C) a imposição de verdades matemáticas, com caráter objetivo, de forma heterônoma.
D) a compreensão de verdades religiosas que libertam o homem da falta de entendimento.
E) a emancipação da subjetividade humana de ideologias produzidas pela própria razão.

RESPOSTA.

Por: Anna Carolyne

COMENTÁRIOS

Nome

Enade,9,Enem,2,Exercícios,81,Exercícios de Alemão,1,Exercícios de Biologia,4,Exercícios de Ciências,2,Exercícios de Ciências da Natureza,1,Exercícios de Ciências Humanas,1,Exercícios de Educação Infantil,2,Exercícios de Espanhol,3,Exercícios de Filosofia,2,Exercícios de Física,6,Exercícios de Francês,2,Exercícios de Geografia,10,Exercícios de História,7,Exercícios de Inglês,5,Exercícios de Italiano,1,Exercícios de Linguagens,1,Exercícios de Literatura,3,Exercícios de Matemática,11,Exercícios de Português,8,Exercícios de Química,6,Exercícios de Redação,1,Exercícios de Sociologia,4,Questões,809,Questões de Biologia,32,Questões de Ciências,30,Questões de Ciências da Natureza,30,Questões de Ciências Humanas,75,Questões de Espanhol,39,Questões de Física,25,Questões de Geografia,28,Questões de História,27,Questões de Inglês,29,Questões de Linguagens,70,Questões de Literatura,12,Questões de Matemática,134,Questões de Português,124,Questões de Química,27,Questões de Redação,4,Questões de Sociologia,20,Questões do Enade,107,Questões do Enem,95,
ltr
item
Meus Exercícios: Exercício sobre A chegada dos "tempos modernos" (Sociologia) com Gabarito
Exercício sobre A chegada dos "tempos modernos" (Sociologia) com Gabarito
Meus Exercícios
https://www.exercicios.indaguei.com/2021/09/exercicio-sobre-chegada-dos-tempos-modernos-sociologia-com-gabarito.html
https://www.exercicios.indaguei.com/
https://www.exercicios.indaguei.com/
https://www.exercicios.indaguei.com/2021/09/exercicio-sobre-chegada-dos-tempos-modernos-sociologia-com-gabarito.html
true
8294249373369231624
UTF-8
Todas as Postagens Não foram encontradas postagens VEJA TODOS Leia Mais Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PÁGINAS POSTS Veja todos RECOMENDADOS PARA VOCÊ Tudo Sobre ARQUIVOS BUSCAR TODOS OS POSTS Nenhuma postagem foi encontrada Voltar para Home Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Mai Junio Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir CONTEÚDO PREMIUM BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhar em uma rede social PASSO 2: Clique no link na sua rede social Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados Não é possível copiar os códigos / textos, pressione [CTRL] + [C] para copiar Tabela de conteúdo